Artigos

As perturbações do espectro ansio-depressivo têm aumentado, em termos de incidência?

A realidade mostra-nos isso mesmo, e o trabalho em urgência psiquiátrica hospitalar pública (e no canal de ligação à realidade que esse setting representa) é hoje notavelmente saturado pelo sofrimento mental de cariz ansioso… A falta, o encurtamento e até o corte das expectativas projectáveis numa determinada linha histórico-vital, representa, a par de um leque largo de outros eventos (“life-events”), a acentuação da depressividade.

Num desenho simplista, podemos distinguir a tristeza normal (neurótica), a depressividade (que nos evoca e aproxima da estrutura/constituição) e, finalmente, a melancolia (escola europeia, em oposição à ideia de depressão que é um termo/conceito/constructo do pós industrialismo americano, e que eu, por uma questão metodológica, não repetirei aqui) que nos remete e afunda no sentido da coisa magmática, endógena (endogenomórfica).